27 de abr de 2008

Trivento Tribu Pinot Noir 2006

O terceiro Trivento que comento no meu blog. Os outros foram um Trivento Reserve Shiraz Malbec 2005 e o outro um Trivento Shiraz Malbec, sobre o qual fiz apenas um breve comentário.


Comprei esta garrafa justamente quando fui atrás do Reserve, que foi vinho do mês da confraria. Paguei uns R$23, preço que achei bem bom. Adoro Pinot Noir, então resolví testar.

No copo, é um vinho de cor bonita, bastante intensa para um Pinot. Tinto médio para escuro com reflexos cor de cereja. Nenhuma perna, indicando pouco corpo.

O bouquet demorou um pouco para se abrir, incialmente estava quase que só na madeira e pouca fruta. Aos poucos foi revelando um pouco mais de fruta, aromas vegetais e sempre muita madeira.

Na boca, o esperado: pouco corpo e muita madeira. A acidez estava presente, mas não daquele jeito bem fresco e gostoso. Álcool correto, fundo bem marcado pela madeira e algo de frutas vermelhas maduras.

No geral, achei um vinho muito simples, faltando acidez, açucar e corpo. O conjunto meio fraco ficou excessivamente maquiado pela madeira. Não chegou a desagradar, é um vinho simples e fácil de tomar, mas não se destaca.

Não vale os R$ 23, pois acho que existem melhores opções na mesma faixa de preço, como o Alamos.

O que mais gostei - xiii...